Buscar
  • NEURO grupo

O QUE FAZER AO PRESENCIAR UMA CRISE CONVULSIVA?

Epilepsia é uma alteração no funcionamento do cérebro de forma temporária, caracterizada por contrações musculares involuntárias (em todo o corpo ou parte dele), causando crises de curta duração e convulsões (manifestação anormal no cérebro que influencia na sincronização da atividade elétrica neuronal). Durante o tempo de ao menos uma crise o cérebro gera sinais, que podem ser restritos a um local ou ter projeção generalizada. Quando os sinais são restritos, ocorrem as crises parciais. Quando os sinais se espalham atingindo dois hemisférios cerebrais, são consideradas crises generalizadas.

“Existem vários tipos de crises convulsivas. Na maioria das pessoas a causa é desconhecida, mas pode ter origem em lesões cerebrais traumáticas, lesões tumorais, traumas na hora do parto, abusos de álcool e drogas, além de outras doenças neurológicas”, explicam Marcelo Zalli, Victor Cubas e Camila Carneiro, médicos neurologistas da Unimed Litoral e do Centro Médico Madrid. Para um correto diagnóstico sobre a doença, o indicado é procurar um médico especialista, que através de exames de imagem poderá lhe auxiliar com os sintomas, crises e tratamentos.




24 visualizações

© 2019 by - Neuro Group - Remasterized by Creative International